Aguarde, carregando...

Projeto Tuia Cheia de Couto Magalhães recebe Prêmio Nacional do Sebrae

Dia 01/03/2015

O Plano Municipal de Produção de Alimentos Hortifrutigranjeiro do município de Couto Magalhães, O Programa Tuia Cheia, como é chamado, foi vencedor do prêmio Prefeito Empreendedor, do SEBRAE, como o melhor Programa de desenvolvimento da Agricultura Familiar do Estado do Tocantins, na modalidade pequenos negócios no campo. “Onde saímos de Palmas no dia vinte e sete de março de dois mil e quatorze, com o prêmio, mas também com a sensação de mais uma etapa de trabalho cumprida, e com a preocupação de que, de nós muito mais seria exigido como de fato”, disse emocionado o Secretário Municipal de Agricultura, Meio Ambiente e Turismo, Sousa”. Ufa! Prêmio merecido por nossa equipe e por essa administração e por todos os que acreditaram no Projeto, que posteriormente em agosto de 2014, nos levou por reconhecimento a nível nacional e como representantes deste estado, nos colocou com a mesma modalidade entre os 30 (trinta) melhores Projetos desenvolvidos para agricultura familiar do País nessa modalidade, relatou o Prefeito Municipal de Couto Magalhães, Ezequiel Guimarães. Em Abril e maio deste ano foi feito o preparo de solo em primeiro corte e destorra, para plantio de lavouras de melancia, e futuras lavouras de hortifruti, onde o resutado em agosto foi mais de quinhentas e setenta e seis horas agendadas com serviços concluídos, ao qual posteriormente em setembro, sem interrupção do serviço, este já em preparo final para o plantio, com calagem “calcareação” e segundo corte para o plantio de lavouras e pastagens das horas agendadas com subsidio, que resultou com 824 (oitocentos e vinte e quatro) horas agendadas com finalização em cinco de dezembro de dois mil e quatorze, com um saldo de 1.412 (hum mil quatrocentas e doze horas máquinas) só para lavouras, que beneficiou 236 (duzentas e trinta e seis) famílias só nesse seguimento. Mais cento e sessenta e três horas máquinas/trator subsidiada com total ônus para a Prefeitura, como incentivo para o fortalecimento da produção de dezessete famílias que estão plantando abacaxi, mais doze horas máquinas subsidiada com total ônus para a Prefeitura com incentivo para a confecção de hortas para o fortalecimento da produção de hortaliças, com seis famílias atendidas.Também foram oferecidos serviços de perfuração de poços semi artesianos, auxilio no serviço de coleta de galhadas e restos de materiais de construção, oitocentas horas máquinas/trator com roçadeira, no serviço de roço de terrenos baldios e vias urbanas, ao que somam juntas um total de mais de 2.800 (duas mil e oitocentas) horas máquinas ano só em tratores