Aguarde, carregando...

Vacinômetro

Doses recebidas

3011

Doses aplicadas

2775

1ª Dose - Aplicadas

2060

2ª Dose - Aplicadas

640

3ª Dose - Aplicadas

0

Dose Única - Aplicadas

75

% da População Vacinada - 1ª Dose

36,53%

% da População Vacinada - 2ª Dose

11,34%

% da População Vacinada - 3ª Dose

00%

% da População Vacinada - Dose Única

1,33%

% População Total Vacinada

49,21%

Grupo Prioritário 1ª Dose 2ª Dose 3ª Dose Única Dose Data de Atualização
IDOSOS DE 80 ANOS A CIMA 91 84 29/07/2021
IDOSOS DE 75 A 79 ANOS 82 73 29/07/2021
IDOSOS DE 70 A 74 ANOS 123 103 29/07/2021
IDOSOS DE 65 A 69 ANOS 197 145 29/07/2021
IDOSOS DE 60 A 64 ANOS 186 83 29/07/2021
PESSOAS COM COMORBIDADES 239 65 06 29/07/2021
TRABALHADORES DA SAÚDE 79 74 02 29/07/2021
TRAB EDUCAÇÃO DO ENSINO BÁSICO 122 02 29/07/2021
TRAB EDUCAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR 04 01 29/07/2021
GESTANTES 19 00 29/07/2021
CAMINHONEIROS 03 00 29/07/2021
TRABALHADORES DA LIMPEZA 01 00 29/07/2021
TRABALHADORES INDUSTRIAIS 02 00 29/07/2021
PESSOAS DE 18 A 59 ANOS 792 02 61 29/07/2021

Vacinas recebidas

Vacina Quantidade Lote Valor UN Valor Total Data de recebimento Validade Documento
ASTRAZENECA/FIOCRUZ 80 216VCD182W R$ 19,87 R$ 1.589,60 21/07/2021
CORONAVAC/BUTANTAN 20 210277 R$ 58,20 R$ 1.164,00 21/07/2021
CORONAVAC/BUTANTAN 10 B202106053 R$ 58,20 R$ 582,00 13/07/2021
CORONAVAC/BUTANTAN 80 210277 R$ 58,20 R$ 4.656,00 13/07/2021
JANSSEN 75 211A21A R$ 49,28 R$ 3.696,00 07/07/2021
ASTRAZENECA/FIOCRUZ 85 215VCD012VA R$ 19,87 R$ 1.688,95 02/07/2021
ASTRAZENECA/FIOCRUZ 190 215VCD135W R$ 19,87 R$ 3.775,30 30/06/2021
CORONAVAC/BUTANTAN 20 210268 R$ 58,20 R$ 1.164,00 30/06/2021
CORONAVAC/BUTANTAN 120 210218 R$ 58,20 R$ 6.984,00 23/06/2021
ASTRAZENECA/FIOCRUZ 130 215VCD116W R$ 19,87 R$ 2.583,10 16/06/2021
ASTRAZENECA/FIOCRUZ 370 215VCD122W R$ 19,87 R$ 7.351,90 09/06/2021
CORONAVAC/BUTANTAN 40 210214 R$ 58,20 R$ 2.328,00 09/06/2021
ASTRAZENECA/FIOCRUZ 145 212VCD003ZVAA R$ 19,87 R$ 2.881,15 31/05/2021
CORONAVAC/BUTANTAN 20 210214 R$ 58,20 R$ 1.164,00 31/05/2021
ASTRAZENECA/FIOCRUZ 180 214VCD056W R$ 19,87 R$ 3.576,60 26/05/2021
ASTRAZENECA/FIOCRUZ 70 213VCD042Z R$ 19,87 R$ 1.390,90 19/05/2021
ASTRAZENECA/FIOCRUZ 60 ABW4731 R$ 21,68 R$ 1.300,80 12/05/2021
ASTRAZENECA/FIOCRUZ 290 213VCD027Z R$ 19,87 R$ 5.762,30 05/05/2021
ASTRAZENECA/FIOCRUZ 65 213VCD008VA R$ 19,87 R$ 1.291,55 28/04/2021
CORONAVAC/BUTANTAN 10 210147 R$ 58,20 R$ 582,00 28/04/2021
ASTRAZENECA/FIOCRUZ 70 213VCD011W R$ 19,87 R$ 1.390,90 20/04/2021
CORONAVAC/BUTANTAN 90 210141 R$ 58,20 R$ 5.238,00 20/04/2021
ASTRAZENECA/FIOCRUZ 55 213VCD003W R$ 19,87 R$ 1.092,85 14/04/2021
CORONAVAC/BUTANTAN 170 210110 R$ 78,07 R$ 10.986,85 14/04/2021
CORONAVAC/BUTANTAN 30 210089 R$ 58,20 R$ 1.746,00 05/04/2021
CORONAVAC/BUTANTAN 110 210077 R$ 58,20 R$ 6.402,00 30/03/2021
CORONAVAC/BUTANTAN 180 210049 R$ 58,20 R$ 10.476,00 23/03/2021
CORONAVAC/BUTANTAN 20 210041 R$ 58,20 R$ 1.164,00 16/03/2021
CORONAVAC/BUTANTAN 20 210016 R$ 58,20 R$ 1.164,00 06/03/2021
ASTRAZENECA/FIOCRUZ 10 4120Z004 R$ 28,51 R$ 285,08 28/02/2021
CORONAVAC/BUTANTAN 70 210016 R$ 86,71 R$ 4.359,08 28/02/2021
CORONAVAC/BUTANTAN 60 210012 R$ 58,20 R$ 3.492,00 11/02/2021
CORONAVAC/BUTANTAN 23 202010040 R$ 58,20 R$ 13.338,60 05/02/2021
ASTRAZENECA/FIOCRUZ 20 4120Z004 R$ 28,51 R$ 570,16 29/01/2021
CORONAVAC/BUTANTAN 23 202010040 R$ 58,20 R$ 1.338,60 20/01/2021

Boletim COVID

Boletim do dia 07/07/2021
Tipos de Casos Quantidade
Casos ativos 006
Casos confirmados 436
Casos descartados 1042
Casos monitorados 012
Casos recuperados 418
Casos suspeitos 007
Hospitalizados 002
Óbitos 009
Emitido às 19:00h

Acessar todos os Boletins Epidemiológicos do Covic-19

COVID-19 

A Covid-19 é a maior pandemia da história recente da humanidade causada pelo novo coronavírus (SARSCoV-2), que causa infecção respiratória aguda potencialmente grave.
Em janeiro de 2021 a ANVISA aprovou para uso emergencial as vacinas CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan com o laboratório Chinês Sinovac, e AstraZeneca, desenvolvida pela Universidade de Oxford com a Fiocruz. Com isso, iniciou-se a distribuição dessas vacinas, do Ministério da Saúde para as Secretarias Estaduais de Saúde, e estas para as Secretárias Municipais de Saúde, que são responsáveis pela organização e operacionalização da campanha de vacinação de acordo com suas realidades,especificidades e particularidades, respeitando as orientações e recomendações do Plano Nacional e Estadual de vacinação contra a Covid-19.
Dianópolis está seguindo as estratégias contidas no Plano Nacional e Estadual de Vacinação. O Programa Nacional de Imunização-PNI optou-se pela seguinte ordem de priorização: preservação do funcionamento dos serviços de saúde, proteção dos indivíduos com maior risco de desenvolvimento de formas graves e óbitos, seguido da preservação do funcionamento dos serviços essenciais e proteção dos indivíduos com maior risco de infecção. Desta forma, foram elencadas pelo PNI/SVS/MS as seguintes populações como grupos prioritários para vacinação: trabalhadores da área da saúde (incluindo profissionais da saúde, profissionais de apoio, cuidadores de idosos, entre outros), pessoas de 60 anos ou mais institucionalizadas, população idosa (60 anos ou mais), indígena aldeado em terras demarcadas aldeados, comunidades tradicionais quilombolas e ribeirinhas, população em situação de rua, morbidades (Diabetes mellitus; hipertensão arterial grave (difícil controle ou com lesão de órgão alvo); doença pulmonar obstrutiva crônica; doença renal; doenças cardiovasculares e cérebro- vasculares; indivíduos transplantados de órgão sólido; anemia falciforme; câncer; obesidade grau III), trabalhadores da educação, pessoas com deficiência permanente severa, membros das forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema de privação de liberdade, trabalhadores do transporte coletivo, transportadores rodoviários de carga,e a população privada de liberdade.

 

VACINA

Cientistas de todo mundo estão em uma verdadeira corrida contra o tempo para encontrar uma candidata a vacina eficaz no combate à pandemia do novo coronavírus. Segundo o mais recente balanço da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 237 pesquisas estão em desenvolvimento e ao menos 64 delas já foram registradas em fase clínica, que é a etapa de teste em humanos – destas, 19 estão na terceira e última fase de testes.

No Brasil, as vacinas contra a Covid-19 que foram aprovadas pela ANVISA, até o momento, para uso emergencial são das Farmacêuticas Sinovac/Butantan e AstraZeneca/ Fiocruz.

A Vacina Covid-19 (recombinante) desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca/Universidade de Oxford em parceria com a Fiocruz é uma vacina contendo dose de 0,5 mL contém 1 × 1011 partículas virais (pv) do vetor adenovírus recombinante de chimpanzé, deficiente para replicação (ChAdOx1), que expressa a glicoproteína SARS-CoV-2 Spike (S). Produzido em células renais embrionárias humanas (HEK) 293 geneticamente modificadas. Os estudos de soroconversão da Vacina Covid-19 (recombinante) demonstraram resultados em ≥ 98% dos indivíduos em 28 dias após a primeira dose e > 99% em 28 dias após a segunda dose. A eficácia desta vacina foi demonstrada em um esquema contendo 2 doses com intervalo de 12 semanas. Os indivíduos que tinham uma ou mais 22 comorbidades tiveram uma eficácia da vacina de 73,43%, respectivamente, foi similar à eficácia da vacina observada na população geral.

CoronaVac (Sinovac/Butantan)

CoronaVac é uma vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela companhia biofarmacêutica chinesa Sinovac Biotech em parceria com o Instituto Butantan.

  • A CoronaVac está sendo aplicada nas campanhas de vacinação contra a Covid-19 da Turquia e do Brasil
  • Testado em Fase 3 pelo Instituto Butantan
  • Eficácia de 78% contra casos leves
  • A vacina evitou hospitalização causada pela Covid-19 em 100% dos casos

Vacina Covid-19 (Oxford/AstraZeneca) (Oxford/Fiocruz)

A Vacina Covid-19, desenvolvida pela Universidade de Oxford, no exterior foi produzida pela empresa biofarmacêutica AstraZeneca. No Brasil, a mesma vacina está em produção pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz)

  • Eficácia de 76% na primeira dose
  • Eficácia geral da vacina aumenta para 82% com um espaçamento de três meses entre as dosagens em voluntários de 18 a 55 anos
  • Estudo aponta que nenhuma das 12.408 pessoas vacinadas com uma única dose da vacina foi hospitalizada com Covid-19 até 22 dias após a imunização.

 

Fique Atento

  • Para que as doses sejam aplicadas é necessário apresentar documento com foto (RG ou Registro Profissional, no caso de profissional da saúde), cartão de vacina e cartão do SUS. Caso não possua o cartão do SUS, o cidadão pode comparecer ao local com o CPF.
  • Não é recomendado o uso de vacinas diferentes, conforme indicam as bulas dos laboratórios (Butantan e Fiocruz). Portanto, esquema vacinal deverá ser iniciado e concluído com a mesma vacina.
  • É importante lembrar que quem for receber a segunda dose precisa estar dentro do prazo indicado pelos fabricantes da vacina. A dose de reforço da CoronaVac é aplicada entre 21 e 28 dias e a Vacina Covid-19 (Oxford/AstraZeneca) é aplicada após 90 dias da primeira para garantir eficiência máxima.
  • O Ministério da Saúde orienta o prazo de 14 dias entre as vacinas contra a Covid-19 e Influenza (gripe).

Quem deve adiar a vacinação

  • Quem está com sintomas do Covid-19
  • Pessoas com quadro sugestivo de infecção em atividade (sintomático) para evitar equívocos com outros diagnósticos diferenciais
  • Pessoa com primeira amostra de PCR positiva com menos de 30 dias mesmo assintomática
  • Gestantes, Puérperas e Lactantes (Exceto profissionais de saúde apresentando laudo médico)
  • Doenças autoimunes e pacientes oncológicos
  • Menores de 18 anos

Local de Vacinação

PSF - UNIDADE BASICA DE SAÚDE RURAL

ENDEREÇO: RUA 05, Nº 940, CENTRO

TELEFONE: (63) 3468-1244

Downloads